• Tecnologia CSP-BH

Dia nacional de combate ao bullying e a violência na escola

Updated: Jul 12

Dentro ou fora do ambiente escolar, tem-se falado muito sobre a prática do bullying e suas consequências na vida dos estudantes. O termo se refere a todas as formas de atitudes agressivas feitas com o objetivo de intimidar ou agredir um indivíduo, causando nele dor e angústia. Estas atitudes podem ser físicas ou verbais, repetitivas e intencionais, e exercidas por uma ou mais pessoas.


No dia 7 de abril de 2011, ocorreu um dos mais marcantes atentados dentro de uma escola brasileira. O ex-aluno Wellington Menezes de Oliveira, de 23 anos, invadiu a escola municipal Tasso da Silveira, no bairro do Realengo, Rio de Janeiro. Armado, começou a disparar contra os alunos dentro de uma das salas de aula. No ataque matou doze estudantes com idade entre 12 e 15 anos, além de ter deixado outros 20 feridos. O atirador, que havia sido vítima de bullying quando aluno daquela escola em sua adolescência, cometeu suicídio logo após a ação.


A data deste fato, que ficou conhecido no país como o Massacre do Realengo, foi escolhida como o Dia Nacional de Combate ao Bullying e à Violência na Escola, por meio do Projeto de Lei 3015/11 do deputado Artur Bruno (PT-CE). A criação desta data, segundo o autor do projeto, teria como objetivo alertar as escolas sobre a importância de combater e de saber lidar com os casos de violência que surgirem.


Neste Dia Nacional de Combate ao Bullying e à Violência nas Escolas não poderíamos deixar de dar o nosso recado:


Todos devemos ser respeitados igualmente.

Se a brincadeira/piada faz o colega se sentir mal, ela não tem graça.

Se você ver alguém passando por alguma situação constrangedora, converse e dê suporte a ele/ela.

Situações assim devem ser sempre reportadas para os pais e professores, ok?


Seja no colégio ou na vida: Não faça bullying, faça amigos!


34 views3 comments

Recent Posts

See All

COLÉGIO SÃO PAULO - BH

"Educação que passa pelo coração"